Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira!

Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira!

Saiba quais os direitos de quem possui seguro de riscos cibernéticos.

O seguro de riscos cibernéticos é um tipo de seguro relativamente novo no Brasil, uma vez que passou a ser comercializado apenas em 2014. Por essa razão, ainda é desconhecido por grande parte da população.

 

No entanto, pesquisas indicam que, apenas em 2019, a venda de apólices deste tipo de seguro aumentou em mais de 100%. Especialistas no assunto apontam que a venda deste serviço continuará em constante crescimento.

 

Se você tem interesse em contratar este serviço, o ideal é conversar com um advogado especialista em seguros que analisará as apólices para que você adquira um serviço que se adeque às suas necessidades e entenda o que de fato está coberto.

 

Caso queira saber mais sobre o seguro de riscos cibernéticos e quais os deveres das seguradoras, continue acompanhando este artigo produzido pelo escritório Elton Fernandes – Advocacia Especializada em Saúde e Seguros.

Continuar Lendo

 

Seguro cibernético e segurança da informação

Com o avanço tecnológico, os dados digitais são cada vez mais valiosos e a violação de dados acaba impactando em toda a credibilidade de uma empresa e de um profissional, o que acaba aumentando a cada ano o número de crimes cibernéticos.

 

O aumento nos crimes cibernéticos deixa evidente a necessidade de proteger informações financeiras, confidenciais, informações pessoais, dados de clientes, estratégias e até mesmo documentos pessoais.

 

Um ataque cibernético pode acarretar inúmeros prejuízos financeiros e à imagem de empresas, levando inclusive a consequências legais. Mesmo as empresas menores estão sujeitas aos perigos da tecnologia e, uma invasão, pode destruir toda uma trajetória promissora.

 

Desse modo, a contratação de um seguro de riscos cibernéticos acaba sendo uma opção para quem deseja garantir a segurança da rede e das informações e dados sigilosos no meio digital. 

 

Mas, como funciona esse tipo de serviço? Acompanhe a seguir!

 

Para que serve o seguro contra riscos cibernéticos?

Apenas em 2018, o número de ataques cibernéticos com a divulgação de informações confidenciais, fotografias pessoais e instalação de vírus para capturar dados e senhas aumentou mais de 62%.

 

Durante a atual pandemia de Covid-19 (o novo coronavírus) e o consequente aumento do regime de trabalho home office, os dados ficaram ainda mais desprotegidos, aumentando o número de ataques virtuais criminosos com o roubo de informações e senhas.

 

Nem mesmo as grandes empresas, famosos e políticos estão imunes a essa ameaça: neste mês, por exemplo, hackers divulgaram dados de inúmeros políticos e artistas. Até mesmo o sistema da polícia de Minnesota, nos Estados Unidos, foi invadido pelo grupo Anonymous.

 

A invasão da rede de dados de uma empresa pode acarretar prejuízos milionários e danos irreparáveis à imagem corporativa. O mesmo ocorre com pessoas físicas, que podem ter suas vidas arruinadas pela extorsão de hackers e divulgação de dados.

 

Além disso, com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em agosto de 2020, empresas de grande, médio, pequeno ou microempresário, assim como quaisquer outros profissionais que realizem algum tratamento de dados de pessoas físicas terão de cumprir requisitos para garantir a segurança dos dados de seus clientes.

 

Sendo assim, o objetivo do seguro de riscos cibernéticos é reparar eventuais prejuízos decorrentes de invasões de hackers, inclusive no que diz respeito à responsabilidade civil das empresas em caso de vazamento de dados de clientes.

 

O que os seguros cibernéticos cobrem?

Geralmente, o seguro de riscos cibernéticos garante a proteção sobre o vazamento dos dados e a cobertura contra prejuízos decorrentes de responsabilidade civil pela divulgação de informações confidenciais, cuja obrigação de zelo é das empresas, e seus prejuízos decorrentes.

 

Em alguns casos, há cobertura dos prejuízos decorrentes da paralisação da empresa e gastos com técnicos de TI para reparação de danos. Algumas empresas oferecem ainda cobertura de prejuízos decorrentes de danos à imagem corporativa.

 

É importante que você converse com um advogado especialista no assunto antes da contratação do serviço que possa avaliar a apólice para que sua empresa esteja de acordo com as exigências da lei e você adquira um produto adequado às suas necessidades.

 

As seguradoras podem excluir alguns riscos?

Sim, alguns riscos podem ser excluídos da lista de indenização do seguros de riscos cibernéticos. No entanto, algumas das exclusões podem ser consideradas abusivas, podendo ser revistas pelo Poder Judiciário.

 

Quem pode contratar o seguro de riscos cibernéticos?

Apesar de ser mais comum a contratação deste serviço por empresas de todos os portes, se nota o crescimento do interesse de pessoas físicas neste tipo de seguro.

 

Nesses casos, o objetivo do segurado é se proteger de prejuízos decorrentes de ataques de hackers e infecções por vírus, com o consequente vazamento de suas fotos, dados bancários e documentos sigilosos.

 

As opções de seguros devem aumentar nos próximos anos, para se adequar aos mais variados perfis e necessidades. Um advogado especialista em seguros poderá analisar seu caso e as condições do produto que lhe está sendo ofertado, para que sejam evitados problemas legais no momento de maior necessidade.

 

Caso ocorra qualquer problema, lute por seus direitos para que você não seja prejudicado!

Ficou com alguma dúvida?

O escritório Elton Fernandes - Advocacia Especializada em Saúde e Seguros conta com uma equipe de profissionais capacitados e experientes que podem prestar assistência para que seu problema seja resolvido, basta entrar em contato e falar com um de nossos profissionais!

 

Nossos especialistas também estão aptos a ajudá-lo em ações contra planos de saúde (que visam a cobertura de medicamentos, exames, cirurgias e casos de reajustes abusivos), casos de erro médico e odontológico e ações contra o SUS. 

 

Não importa se seu plano de saúde ou seguradora é Bradesco, Sul América, Unimed, Unimed Fesp, Unimed Seguros, Central Nacional, Cassi, Cabesp, Notredame, Intermédica, Allianz, Porto Seguro, Amil, Marítima Sompo, São Cristóvão, Prevent Senior, Hap Vida, Grupo Brasil (BRASILPREV + BRASILVEÍCULOS + BRASILSEG), Caixa, Zurich, Mapfre, Tokio Marine, Icatu, ou qualquer outra.

 

Para falar com um dos nossos especialistas, você pode enviar um e-mail para [email protected]. Caso prefira, ligue para (11) 3141-0440 envie uma mensagem de Whatsapp para (11) 97751-4087 ou então mande sua mensagem abaixo.

 

Siga nossas redes sociais e saiba mais sobre Direito da Saúde:

Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira!   Facebook     Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira! Instagram    Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira! Youtube

Acompanhe o Dr. Elton Fernandes, especialista em ações contra planos de saúde, na imprensa:

 Elton Fernandes no programa Mulheres            Elton Fernandes no programa Santa Receita        https://www.eltonfernandes.com.br/uploads/tinymce/uploads/Radio-justica.png

 

Para falar com um dos nossos especialistas, você pode enviar um e-mail para [email protected]. Caso prefira, ligue para (11) 3141-0440 envie uma mensagem de Whatsapp para (11) 97751-4087 ou então mande sua mensagem abaixo.

 

Siga nossas redes sociais e saiba mais sobre Direito da Saúde:

Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira!   Facebook     Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira! Instagram    Você sabe o que é seguro de riscos cibernéticos? Confira! Youtube

Acompanhe o Dr. Elton Fernandes, especialista em ações contra planos de saúde, na imprensa:

 Elton Fernandes no programa Mulheres            Elton Fernandes no programa Santa Receita        https://www.eltonfernandes.com.br/uploads/tinymce/uploads/Radio-justica.png

Fale com a gente