Plano de saúde deve pagar tratamento de artrose do joelho com Viscossuplementação

Plano de saúde deve pagar tratamento de artrose do joelho com Viscossuplementação

 

Plano de saúde deve pagar tratamento de artrose do joelho com Viscossuplementação

 

A viscossuplementação é um tratamento utilizado para reposição de fluídos nas articulações com desgaste (artrose, osteoartrite, artrite). Podemos dizer que seria como colocar um "lubrificante" entre as estruturas ósseas e cartilaginosas das articulações, para que diminua o impacto e a dor.

 

A viscossuplementação pode proporcionar alívio sintomático significante e seguro para pacientes com artrose do joelho e quadril. 

 

Como lembra o advogado Elton Fernandes, mais uma paciente conseguiu na Justiça o direito de que o seu plano de saúde custeasse o tratamento de artrose do joelho com Viscossupleentação, que fora prescrito pelo seu médico.

 

O plano de saúde se recusara a custear tendo como base alegações infundadas, como por exemplo, de que o procedimento possuía caráter experimental.

 

Confira decisão judicial:

Continuar Lendo

 

PLANO DE SAÚDE - Negativa de cobertura de tratamento de infiltração de viscossuplementação em cada joelho em 5 sessões - Procedência decretada - Abusividade reconhecida - Alegação da apelante de que o procedimento é experimental - Descabimento - Empresa prestadora de serviços de assistência médica que não pode interferir na indicação feita pelo médico - Aplicação de novas técnicas que decorrem da evolução da medicina, sendo exigível, para defesa do consumidor a especificação de não cobertura nos contratos - Procedimento que visa tão somente à melhora na saúde da autora - Dever da apelante de arcar com o procedimento necessário para o restabelecimento da autora - Recurso desprovido.

 

"Nenhum plano de saúde pode recusar o fornecimento de procedimento prescrito pelo médico. Essa intervenção que o plano de saúde tenta fazer na conduta médica é absolutamente ilegal, prejudica o consumidor colocando em risco sua saúde e a negativa do procedimento se confunde com a negativa do próprio tratamento médico, não podendo prevalecer", explica o advogado especialista em plano de saúde, Elton Fernandes, também professor da Escola Paulista de Direito.

 

Como já dito em outros artigos deste site, a decisão de qual procedimento será utilizado para tratar a doença que acomete o paciente cabe somente ao médico que o acompanha, essa decisão jamais caberá ao plano de saúde.

 

Assim sendo, se o seu plano de saúde se recusar a custear procedimento prescrito pelo seu médico, você poderá procurar este escritório de advocacia com urgência a fim de buscar tal direito na Justiça, o que pode ser garantido em 48 horas, como é de costume.

 

O Escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados é especializado em fornecimento de procedimentos junto aos planos de saúde.

 

Nossos advogados são especialistas na área da saúde e estão aptos a sanar suas dúvidas.

 

Para maiores informações, entre em contato com nosso escritório através do telefone (11) 3251-4099, ou pelo Whatsapp (11) 97751-4087.

Fale com a gente