Plano de saúde deve custear remédio Xelox a paciente com câncer de cólon

Plano de saúde deve custear remédio Xelox a paciente com câncer de cólon

 Plano de saúde deve custear remédio Xelox

 

Segundo experiente advogado em ação contra plano de saúde, Elton Fernandes, também professor da Escola Paulista de Direito, pacientes tem conseguido na Justiça o direito de receber do plano de saúde o medicamento XELOXmesmo que não estejam internados e que o médico prescreva o medicamento para uso domiciliar.

 

O fato de um medicamento não estar no rol de procedimentos da ANS, não estar aprovado pela Anvisa ou ser de uso domiciliar, não impede que o paciente consiga na Justiça o direito de receber este medicamento.

 

 Acompanhe mais uma decisão em que o paciente teve seu direito garantido:

 

Continuar Lendo

 

Ação de obrigação de fazer cumulada com danos morais – Plano de saúde – Decisão agravada que deferiu o pedido de tutela provisória para determinar que a requerida custeie o tratamento da moléstia que acomete o autor (câncer de cólon), fornecendo a medicação XELOX indicada, bem como o custeio de qualquer outro tratamento que venha a ser indicado, conforme prescrição médica. Foram concedidos 48 horas de prazo para o fornecimento da medicação, sob pena de multa diária de R$ 500,00 limitada ao patamar de R$ 50.000,00 – Insurgência da requerida somente em relação ao prazo concedido para cumprimento da obrigação – Ante o diagnóstico de câncer de cólon da parte autora, tem-se que o prazo foi fixado de forma razoável e, por isso, não comporta dilação – Decisão mantida – Recurso não provido

 

Cabe ressaltar que a enfermidade de câncer evidentemente reúne contornos nítidos e objetivos de caso clínico que requer urgência e emergência em seu tratamento, sendo útil a adoção de todos os meios mandatórios e proporcionais para adequado controle da evolução da moléstia.

 

Veja também: Medicamento VECTIBIX - PANITUMUMAB - deve ser custeado pelo plano de saúde, decide Justiça

 

Desta forma, o paciente que necessita de um determinado medicamento e que não for custeado pelo convênio médico deve procurar imediatamente um advogado especialista em plano de saúde, a fim de buscar a cobertura do medicamento.

 

Com sede na Avenida Paulista, 575 - Cj. 203, na cidade de São Paulo, o escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados possui uma vasta rede de advogados em quase todo Brasil que pode ajudar a garantir seu direito.

 

Ficou com dúvidas? Ligue e agende sua consulta com nossos advogados no telefone 11 – 3141-0440 ou pelo whatsapp 11 – 97751-4087.

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente