Operadoras de planos de saúde não aceitam ajuda bilionária da ANS

Operadoras de planos de saúde não aceitam ajuda bilionária da ANS

Operadoras de planos de saúde não aceitam ajuda bilionária da ANS

Fonte: Poder 360
Nivaldo Carboni

 

O Portal 360 publicou que a liberação de R$ 15 bilhões para as de operadoras de planos de saúde pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) foi mal recebida por parte do setor. Várias empresas não concordaram com as condições oferecidas. A ideia era direcionar R$ 15 bilhões aos cofres dessas empresas para ajudar na renegociação de parcelas dos inadimplentes. Segundo o advogado Elton Fernandes, especialista em planos de saúde do escritório Elton Fernandes - Advocacia Especializada em Saúde:

 

“A ANS não diz exatamente em quais termos deve ser feita essa renegociação, que é 1 período bastante breve, vai até o mês de junho”.

 

Uma reclamação das companhias é de que o direcionamento dos recursos – oriundos da Peona (Provisão para Eventos Ocorridos e não Avisados), fundo gerido pela ANS– obriga as empresas a reembolsar nos meses seguintes os valores dos custos dos procedimentos médicos utilizados. Ou seja, não é um dinheiro destinado a fundo perdido, sem contrapartida.

 

A Fenasaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar), que representa 16 grupos de operadoras de seguros e planos de saúde privados, destacou em seu posicionamento que os bilhões não seriam de fato liberados para gestão das empresas.

 

Clique aqui para acompanhar e matéria na íntegra!

 

Siga nossas redes sociais e saiba mais sobre Direito da Saúde:

   Facebook      Instagram     Youtube

Acompanhe o Dr. Elton Fernandes, especialista em ações contra planos de saúde, na imprensa:

 Elton Fernandes no programa Mulheres             Elton Fernandes no programa Santa Receita        https://www.eltonfernandes.com.br/uploads/tinymce/uploads/Radio-justica.png

Fale com a gente