Plano de saúde deve custear tratamento com Stelara - Ustequinumabe para psoríase pustulosa

Plano de saúde deve custear tratamento com Stelara - Ustequinumabe para psoríase pustulosa

Plano de saúde deve custear tratamento com Stelara - Ustequinumabe para psoríase pustulosa

 

Pacientes com psoríase pustulosa com indicação de uso do medicamento Stelara - Ustequinumabe, tem obtido sucesso na Justiça na busca pelo tratamento indicado para tratamento da doença, uma vez que os planos de saúde tem se recusado a fornecer o medicamento.

 

Segundo o advogado especialista em plano de saúde Elton Fernandes, à partir do momento em que o médico especialista prescreve um tratamento ou procedimento para determinada doença coberta pelo plano de saúde, ele deverá ser fornecido pelo plano, mesmo que não preencha as diretrizes da ANS. Em outras palavras, a decisão do tratamento ou medicamento cabe exclusivamente ao médico, e não ao plano de saúde. 

 

Vale lembrar que, as diretrizes da ANS não esgotam as possibilidades de tratamento, tampouco podem impedir que diante de fatos clínicos graves alguém inicie um tratamento quando já está correndo risco de morte. 

 

Nesse sentido, acompanhe mais uma decisão em que o paciente portador de psoríase pustulosa, garantiu através da Justiça:

Continuar Lendo

 

Obrigação de fazer. Pretensão ao fornecimento de medicamento para tratamento e controle de psoríase pustulosa. Prova de necessidade do medicamento. Sentença de procedência. Decisão que condenou plano de saúde a fornecer o medicamento mostra-se acertada. Mesmo que o paciente não preencha todos os critérios das Diretrizes da ANS, havendo indicação médica, deve o plano de saúde fornecer o medicamento.

 

A Justiça tem condenado planos de saúde a fornecer o medicamento Stelara - Ustequinumabe, a pacientes com psoríase pustulosa que tenham indicação do médico para uso da droga, mesmo que tal medicamento não preencha todos os requisitos das diretrizes da ANS.

 

Segundo o advogado especialista em ação contra plano de saúde, Elton Fernandes, o médico é o responsánvel pela indicação terapêutica e, desta forma, não pode a operadora de saúde limitar a aplicação do medicamento em apenas algumas ocasiões.

 

Se o médico justificou a necessidade do tratamento e existe base científica para indicação do medicamento, a recusa pelos planos de saúde é ilegal.

 

Havendo prescrição médica atestando a necessidade do medicamento Stelara - Ustequinumabe e possuindo a negativa do plano de saúde, o paciente poderá procurar este escritório de advocacia com urgência a fim de buscar tal direito na Justiça, através da tutela de urgência, o que pode ser garantido em 48 horas, como é de costume.

 

Com sede na Avenida Paulista, 575 - Cj. 203, na cidade de São Paulo, o escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados possui uma vasta rede de advogados em quase todo Brasil que pode ajudar a garantir seu direito.

 

Ficou com dúvidas? Ligue e agende sua consulta com nossos advogados no telefone 11 – 3141-0440 ou pelo whatsapp 11 – 97751-4087.

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente