Pembrolizumabe Keytruda deve ser fornecido pelo plano de saúde a paciente com câncer

Pembrolizumabe Keytruda deve ser fornecido pelo plano de saúde a paciente com câncer

  Pembrolizumabe Keytruda deve ser fornecido pelo plano de saúde a paciente com câncer

 

Em mais uma ação judicial elaborada por este escritório de advocacia especialista em plano de saúde, a Justiça condenou uma operadora de plano de saúde ao fornecimento do medicamento Pembrolizumabe - Keytruda, mesmo sem que o paciente preenchesse todos os critérios estabelecidos pela ANS para receber o tratamento.

 

Como lembra o advogado especialista em plano de saúde Elton Fernandes, não é cabível a negativa de tratamento indicado pelo médico como necessário à saúde do doente, incluindo medicamentos como o Pembrolizumabe - Keytruda.

 
 

Acompanhe mais uma decisão do nosso escritório em que o paciente portador de câncer, garantiu através da Justiça o direito ao medicamento Pembrolizumabe Keytruda:

 

Continuar Lendo

 

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER. Plano de saúde. Insurgência contra a decisão que concedeu a tutela antecipada para determinar à ré forneça o medicamento indicado para o tratamento da agravada, diagnosticada com melanoma com recidiva linfonodal sem mutação do gene BRAF (CID 10 C43). Irrelevância da alegação que se trata de medicamento não constante do Rol da ANS. Presença dos requisitos previstos no artigo 300 do Código de Processo Civil. Recurso desprovido.

 

O fato do medicamento não constar no rol de procedimentos da ANS não significa que o paciente não possa exigir na Justiça o fornecimento do remédio, pois trata-se de rol um exemplificativo e não taxativo. Portanto, a negativa de cobertura do medicamento prescrito para a doença prevista no contrato firmado implicaria na adoção de interpretação menos favorável ao consumidor, o que é ilegal, devendo sempre o medicamento ser fornecido como lembra nosso advogado o Dr. Elton Fernandes.

 

O rol de procedimentos da ANS serve de referência apenas para cobertura mínima obrigatória nos planos de saúde, desservindo para exclusão de autorização de procedimento indispensável a tratamento essencial ao paciente, prescrito por relatórios médicos. 

 

Como lembra o advogado especialista em plano de saúde Elton Fernandes todos os planos de saúde são obrigados a custear o fornecimento do medicamento Pembrolizumabe Keytruda, mesmo que este medicamento não esteja previsto no rol da ANS.

 

Veja também:  Ibrutinibe para leucemia linfóide crônica deve ser fornecido pelo plano de saúde

 

Com a prescrição médica para o fornecimento do medicamento Pembrolizumabe Keytruda, e a negativa do plano de saúde em mãos, você poderá procurar este escritório de advocacia com urgência a fim de buscar tal direito na Justiça, através da tutela de urgência, o que pode ser garantido em 48 horas, como é de costume.

 

Com sede na Avenida Paulista, 575 - Cj. 203, na cidade de São Paulo, o escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados possui uma vasta rede de advogados em quase todo Brasil que pode ajudar a garantir seu direito.

 

Ficou com dúvidas? Ligue e agende sua consulta com nossos advogados no telefone 11 – 3141-0440 ou pelo whatsapp 11 – 97751-4087.

 

 

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente