Lenalidomida - Rivlimid - deve ser pago pelo plano de saúde a todo paciente com mieloma múltiplo, decide Justiça

Lenalidomida - Rivlimid - deve ser pago pelo plano de saúde a todo paciente com mieloma múltiplo, decide Justiça

Lenalidomida - Deve ser pago pelo plano de saúde a todo paciente em mieloma múltiplo

 

Mesmo fora do rol de procedimentos da ANS, todos os planos de saúde, pouco importando a modalidade, devem custear remédios indicados pelo médico de cofiança do paciente para tratamento do câncer, tal como o Lenalidomida - Rivlimid.

 

Como lembra o professor e advogado especialista em ação contra plano de saúde Elton Fernandes, ainda é comum que o plano de saúde neguem a cobertura de certos procedimentos indevidamente, atrasando o tratamento, causando um estresse em um momento muitíssimo deliciado e até mesmo fazendo que o paciente tenha que pagar de seu próprio bolso o tratamento ou buscar a rede pública, o que é desnecessário segundo ele, posto que o paciente deve buscar um advogado e recorrer à Justiça para garantir rapidamente este direito.

 
 

Acompanhe decisão judicial em que a paciente portadora de câncer, garantiu através da Justiça o direito ao medicamento Lenalidomida - Rivlimid: 

 

Continuar Lendo

 

Plano de saúde. Tutela de urgência. Art. 300, NCPC. Autora diagnosticada com câncer, mieloma múltiplo. Negativa de custeio do medicamento Revlimid (lenalidomida). Probabilidade do direito demonstrada. Lenalidomida que foi recentemente aprovada pela ANVISA. Decisão acertada. Recurso improvido.

 
 

A lista de procedimentos da ANS prevê apenas a cobertura mínima obrigatória e não é atualizado com a mesma velocidade que surgem os avanços tecnológicos da medicina moderna, de forma que sempre existirá um atraso e, bem por isto, nos processos elaborados por este escritório a Jusiça tem entendido pelo dever dos planos de saúde em custear tais tratamentos, ainda que inexistentes no rol da ANS.

 

Veja também:  Ibrutinibe para leucemia linfóide crônica deve ser fornecido pelo plano de saúde

 

Com a prescrição médica para o fornecimento do medicamento Lenalidomida - Rivlimid, e a negativa do plano de saúde em mãos, você poderá procurar este escritório de advocacia com urgência a fim de buscar tal direito na Justiça, através da tutela de urgência, o que pode ser garantido em 48 horas, como é de costume.

 

Com sede na Avenida Paulista, 575 - Cj. 203, na cidade de São Paulo, o escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados possui uma vasta rede de advogados em quase todo Brasil que pode ajudar a garantir seu direito.

 

Ficou com dúvidas? Ligue e agende sua consulta com nossos advogados no telefone 11 – 3141-0440 ou pelo whatsapp 11 – 97751-4087.

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente