Lenalidomida Revlimid - Plano de saúde é condenado a fornecer remédio a paciente com câncer

Lenalidomida Revlimid - Plano de saúde é condenado a fornecer remédio a paciente com câncer

Plano de saúde é condenado a fornecer Lenalidomida - Revlimid a paciente com câncer

 

O medicamento Lenalidomida Revlimid é utilizado em pacientes com mieloma múltiplo, por exemplo, e de acordo com especialistas, o fármaco pode até triplicar as chances de sobrevida de pacientes portadores dessa doença, além de melhorar bastante a qualidade de vida, já que não apresenta muitos efeitos colaterais.

  

 O Dr. Elton Fernandes, professor de Direito e especialista em direito da saúde diz que ao negar tratamento a um paciente, o plano de saúde demonstra conduta abusiva, uma vez que apenas o médico pode indicar qual o melhor tratamento e não o convênio médico que pouco entende da condição do seu beneficiário e de suas condições de saúde.

 

Acompanhe mais uma decisão em que fora obtido o direito ao medicamento Lenalidomida - Revlimid:

 

Continuar Lendo

 

Agravo de Instrumento – Plano de saúde – Deferimento de tutela de urgência (disponibilização do tratamento integral com o medicamento indicado em 15 dias, sob pena de multa diária de R$ 500,00) – Há cobertura contratual para o tratamento da doença (câncer) – A autora necessita urgentemente da quimioterapia com o medicamento indicado pelo médico– Súmulas 95 e 102 deste e. TJ – O prazo estabelecido é adequado e proporcional - Confirma-se decisão – Nega-se provimento ao recurso.

 

Veja também: Justiça garante fornecimento do medicamento BORTEZOMIBE VELCADE a paciente com mieloma múltiplo

 

Lembremos que, apresentar justificativas para o não fornecimento do medicamento Lenalidomida - Revlimid baseadas no rol da ANS não faz com que o plano deixe de custear o remédio, até mesmo porque o rol da ANS é meramente exemplificativo e não restritivo. A ausência de previsão expressa de procedimento não se presta a obstar tratamento médico.

 

Havendo prescrição médica para uso do medicamento Lenalidomida - Revlimid e com a negativa do plano de saúde em mãos, o paciente poderá procurar este escritório de advocacia com urgência a fim de buscar tal direito na Justiça, o que pode ser garantido em 48 horas, como é de costume.

 

Com sede na Avenida Paulista, 575 - Cj. 203, na cidade de São Paulo, o escritório Elton Fernandes Sociedade de Advogados possui uma vasta rede de advogados em quase todo Brasil que pode ajudar a garantir seu direito.

 

Ficou com dúvidas? Ligue e agende sua consulta com nossos advogados no telefone 11 – 3141-0440 ou pelo whatsapp 11 – 97751-4087.

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente