Justiça anula reajuste anual abusivo em plano coletivo por adesão

Justiça anula reajuste anual abusivo em plano coletivo por adesão

reajuste abusivo plano de saude

 

Saiba como reduzir a mensalidade do seu plano de saúde e quais reajustes anuais são permitidos

 

Ápenas dois reajustes são aplicados aos planos de saúde, sendo um reajuste anual e outro por mudança de faixa etária a depender da idade do consumidor.

 

A Justiça tem anulado o reajuste por mudança de faixa etária para quem possui 59 anos de idade ou mais e também tem determinado a revisão dos reajustes anuais  aplicados aos planos coletivos que tenham índice de reajuste acima daqueles permitidos pela ANS.

 

Mas como saber se o reajuste do meu plano de saúde foi abusivo?

 
 

Mesmo que seu contrato seja COLETIVO POR ADESÃO, via Qualicorp, por exemplo, ou COLETIVO EMPRESARIAL, caso o reajuste tenha sido superior a estes percentuais abaixo, você pode requerer a nulidade destes reajustes e até recuperar valores pagos:

 

Em 2018 - 10,00%

Em 2017 - 13,55%

Em 2016 – 13,57%

Em 2015 – 13,55%

Em 2014 – 9,65%

Em 2013 – 9,04%

Em 2012 – 7,93%

Em 2011 – 7,69%

Em 2010 – 6,73%

 

E o que fazer se meu reajuste foi superior aos índices acima?

 

Não importa se o reajuste abusivo foi por mudança de faixa etária ou se houve reajuste anual abusivo, converse com nosso escritório de advocacia, pois temos experiência na área e saberemos identificar o que ocorreu e propor soluções para o problema.

 

A ação judicial para cuidar de reajuste abusivo pode ser elabora com pedido de tutela antecipada de urgência - popularmente conhecida como liminar contra plano de saúde.

 

Este tipo de ação pode garantir que o valor seja imediatamente reduzido, de modo a garantir que enquanto a ação tramita o consumidor possa continuar pagando a mensalidade com valor reduzido.

 

Nossos profissionais tem comprovada experiência e larga atuação contra planos de saúde há mais de uma década.

 

Se ficou com alguma dúvida, clique aqui e mande sua mensagem que responderemos com urgência ou, se preferir, fale com nossos advogados especialistas no Direito da Saúde pelo telefone: 11 - 3141-0440.

São mais de 4.000 ações judiciais
elaboradas ao longo dos anos.
Fale com a gente