O plano de saúde pode recorrer da decisão?